Palestrantes Convidados

Palestrantes Convidados 2017-05-13T18:00:10+00:00

 Paulo Helene

339É professor titular da Universidade de São Paulo, educador, pesquisador e consultor. Engenheiro Civil Mestre e Doutor pela EPUSP. Especialista em “Patología de las Construcciones” pelo Instituto Eduardo Torroja (Madrid, Espanha). Pós Doutorado na Universidade da Califórnia em Berkeley. Consultor do Concreto de Alto Desempenho (HPC) utilizado no Edifício mais alto do Brasil, construído em São Paulo em 1997 com fck ≥ 50MPa, ocasião na qual foi batido o recorde em altura de concreto bombeado no país. Autor do CD desenvolvido em colaboração com a ABCP, destinado ao Projeto, Execução e Controle de Estruturas de Concreto usando HPC, publicado em 1999. Em 2002 alcançou o Recorde Mundial de Concreto colorido de alta resistência na obra do e-Tower com 125MPa de resistência média. Consultor de diversas empresas e entidades no Brasil, assim como Consultor da FAPESP, CNPq, CAPES, e outras agências de fomento à pesquisa. Autor de mais de 200 trabalhos e artigos técno-científicos publicados em 98 congressos, eventos nacionais e internacionais e em 25 revistas especializadas. Autor de 9 livros publicados no exterior, 3 livros publicados no Brasil e tradutor de outros 3 livros. Formou 43 mestres e 27 doutores na área, que hoje são líderes de pesquisa em Instituições no Brasil e na Argentina. Por sua atuação destacada, recebeu prêmios de diversas entidades e nações (ACI, ALCONPAT, IBRACON, ICRI, IMCYC, CEF/ANEAC, LEME, SEESP). Proferiu palestras e ministrou cursos no Brasil e em 17 países no exterior. Frequentemente participa de Comitês Científicos em Congressos Internacionais tais como CONSEC2010 & 2007, HPC2008, e outros. Presidiu o Comitê Latino Americano de Estruturas-CLAES, participa da ABNT, ANTAC, IABSE, fib e do ACI onde é membro de Comitê Técnico Internacional. Também é representante brasileiro na rede DURAR e foi membro da Comission 5 Service Life da FIB (CEB.FIP). Atualmente é Presidente da ALCONPAT Asociación Latino Americana de Contro lde Calidad, Patología y Recuperación de la Construcción. Presidente do IBRACON de 2003 a 2007 e seu Conselheiro Permanente. Diretor da PhD Engenharia (www.concretophd.com.br)

Enrique Gonzalez Valle

Henrique Valle

Doutor e Engenheiro de Caminos, Canales y Puertos pela Universidad Politécnica de Madrid, presidente do Instituto Técnico de Materiales y Construcciones (INTEMAC), professor titular de Edificación y Prefabricación da Escuela Técnica Superior de Ingenieros de Caminos, Canales y Puertos da Universidad Politécnica de Madrid. Conselheiro do INTEMAC-AUDIT. Membro da Asociación Científico-Técnica del Hormigón Estructural (ACHE), da fédération internationale du béton (fib), do grupo espanhol da IABSE, da Association Internationale des Ponts et Charpentes (AIPC), da Asociación Española para la Calidad (AEC) e membro de honra da Asociación Técnica Española del Pretensado (ATEP). Foi premiado pela Convención Europea de la Construcción Metálica – Sercometal (1975), pelo projeto da cobertura do Mercado Nacional de Ganado de Torrelavega. Foi premiado pela ALCONPAT Internacional pela destacada trajetória em Patología, Recuperación y Control de Calidad en las Construcciones en Ibero América. Recebeu medalhas de mérito do Colegio de Ingenieros de Caminos, Canales y Puertos e da Asociación Científico-Técnica del Hormigón Estructural (ACHE). É autor de numerosos artigos técnicos, proferindo palestras em diversas conferencias sobre temas relativos a estruturas e controle de qualidade na construção. Em conjunto com a Instituto Técnico de Materiales y Construcciones, desenvolveu diferentes trabalhos sobre controle de qualidade, patologia estrutural e investigações experimentais.

Holger Schmidt

holger-schmidt-foto.256x256

Holger Schmidt é PhD em Engenharia Civil pela Hamburg University of Technology (TUHH) de Hamburgo em Alemanha, em 2011, na área de “materiais de construção”, com o tema de conclusão do doutorado: “Comportamento à corrosão de concreto convencional e concreto de ultra-alto desempenho (UHPC)”. Ele é graduado em Engenharia Civil pela Berlin University of Technology (TU Berlin) na área de “engenharia estrutural” e “análise estrutural”, com conclusão de mestrado em 2005 com a tese “Stress ribbon bridges with carbon fibers”. Foi premiado com o Dr. Eng. Ernst Trapp-Preis. Dr. Eng. Holger Schmidt trabalhou de 2003 a 2005 no “Institute of building structures” em Berlin como assistente do Diretor. No período de 2005 a 2011 ele trabalhou no “Institute of Materials, Physics and Chemistry of Buildings” em Hamburg como engenheiro de pesquisa e consultor. Atualmente o Dr. Eng. Holger Schmidt é Gerente de Produto e trabalha desde 2011 na MC-Bauchemie do Brasil.

 Luiz Carlos Pinto da Silva Filho

servletrecuperafotoluizEngenheiro Civil (UFRGS, 1989); Mestre em Engenharia Civil/Construção (PPGEC/UFRGS, 1994) e PhD em Civil Engineering/Bridge Maintenance (Leeds University/UK, 1998). Professor Associado da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), atualmente é Diretor da Escola de Engenharia (2012-2016), Diretor do CEPED/RS e líder dos Grupos de Pesquisa LEME (Laboratório de Ensaios e Modelos Estruturais) e GRID (Gestão de Riscos em Desastres). Foi Coordenador do Comitê de Engenharias da FAPERGS, Coordenador do Programa de Pós-Graduação em Engenharia Civil (PPGEC)(2009-2013), Secretário da Associação Sul Americana de Engenharia Estrutural (ASAEE), Presidente e Presidente de Honra da Associación Latinoamericana de Control de Calidad, Patología y Recuperación (ALCONPAT Internacional).Presidente e Secretário da Associação Brasileira de Patologia das Construções (ALCONPAT Brasil) e Diretor e Membro do Conselho do Instituto Brasileiro do Concreto (IBRACON). É membro honorário do IBAPE-RS e membro do IABMAS Brasil, do CBDB, da ABECE e do American Concrete Institute (ACI), além de representante da ABNT no Comitê ISO TC71 e consultor ad-hoc de diversas entidades de fomento. Tem experiência nas áreas de materiais e estruturas de engenharia civil, com ênfase nos temas: durabilidade e vida útil de estruturas, patologia das construções, concretos especiais, materiais compósitos, reforço estrutural, análise e modelagem de sistemas estruturais, ensaios não destrutivos, efeitos de altas temperaturas em estruturas, segurança contra incêndio e pânico, perícias e avaliação de sistemas construtivos. Além disso, atua na área de Prevenção de Desastres e Mapeamento de Riscos e Vulnerabilidades.

Antonio Carmona Filho

CarmonaPaiEngenheiro Civil (1968), Especialista em Engenharia de Materiais (1996), Mestre (1997) e Doutor (1998) em Engenharia de Materiais pela Universidade Mackenzie. Especialista em Patologia das Obras de Concreto e em Controle de Qualidade de Estruturas de Concreto (1985) pelo Instituto Eduardo Torroja (Madrid, Espanha). Professor e coordenador do curso de Engenharia Civil da Universidade Anhembi Morumbi. Foi Professor titular da Fundação Armando Álvares Penteado, da Universidade Mackenzie e da Faculdade de Engenharia de Sorocaba. Fundador da ALCONPAT – Associação Latinoamericana de controle de Qualidade e Patologia da Construção Civil no ano de 1985, em Madrid. Primeiro ganhador do prêmio ALCONPAT, como fundador e pela carreira técnica e científica em 2003 no México. Ministrou diversos cursos de pós-graduação e de extensão universitária, na EPUSP, FAAP e para associações profissionais e empresas nos temas: Estruturas, Fundações, Patologia, Recuperação, Reforço e Proteção. Proferiu inúmeras palestras no Brasil, Espanha, Estados Unidos, países da América Latina e Central. Autor de vários artigos técnicos e monografias. Traduziu e adaptou os livros de “Controle e Garantia da Qualidade na Construção Civil” de Álvaro Garcia Meseguer, “Manual de Obras Deterioradas por Corrosão” de Maria Del Carmem Andrade Perdrix e Concreto, Estruturas e Materiais de Kumar Mehta e Paulo Monteiro. Membro de Comissão 5.3.2. “Maintenece and Rehabilitation Methods, Materials and Systems” do FIB – Federation Internationale du Beton, desde 1999. Diretor da Carmona Soluções de Engenharia, onde foi responsável técnico de milhares projetos de estruturas de concreto, incluindo edifícios residenciais e comerciais, estruturas industriais, estruturas hidráulicas e barragens, reservatórios de água enterrados e elevados, pontes, viadutos e estruturas de obras de saneamento. Prestou assessoria técnica na construção, reparo e reforço de um número expressivo de estruturas em diversos estados do Brasil e no Exterior.

Bernardo Fonseca Tutikian

TutikianEngenheiro Civil formado pela UFRGS em 2002, mestre e doutor em engenharia pela UFRGS, em 2004 e 2007, respectivamente. Tem pós doutorado pela CUJAE em 2013. Possui especialização em materiais de construção, especificamente em dosagem de concretos autoadensáveis (CAA), sendo autor do livro ‘Concreto autoadensável’, publicado pela PINI em 2008 e 2015. Atualmente é coordenador do Instituto Tecnológico de Desempenho para Construção Civil – ITT Performance e é coordenador do projeto de Rede – da Redetec – chamada pública 01/2014 MCTI/MCIDADES/FINEP/REDETEC. Docente permanente do Mestrado Profissional de Arquitetura e Urbanismo e do Programa de Pós Graduação em Engenharia Civil; e professor de tecnologias construtivas, materiais de construção e patologia. Também coordena os cursos de especialização em Construção Civil e Patologia nas Obras Civis na Unisinos. Orienta trabalhos de conclusão de curso e mestrados. Avaliador de periódicos, como Ambiente Construído e Ibracon Revista de Materiais e Estruturas. Membro fundador da Alconpat Brasil, diretor regional do Rio Grande do Sul do Ibracon (Instituto Brasileiro do Concreto) e conselheiro eleito do Ibracon. Atual presidente da Alconpat Brasil e vice-presidente administrativo da Alconpat Internacional. Presta consultoria para empresas de construção civil na área de dosagem de concretos e implantação de tecnologias não convencionais. Publicou mais de 100 trabalhos em periódicos e eventos.

Elton Bauer

EltonBauerGraduação em Engenharia Civil pela PUCRS (1985), mestrado em Engenharia Civil pela UFRGS (1987) e doutorado em Engenharia Civil pela USP (1995). Pós-doutorado na Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto – Portugal, no ano de 2013, trabalhando com a técnica de inspeções termográficas no estudo da patologia de edifícios. É termografista nível 1 credenciado e habilitado pelo Infrared Training Center. Professor do Departamento de Engenharia Civil e Ambiental da Universidade de Brasília desde 1987, também é orientador de mestrado e doutorado no Programa de Pós-Graduação em Estruturas e Construção Civil na UnB. Na pós-graduação atua nas áreas ligadas a: materiais, processos, durabilidade e patologia das construções. Coordenador do Laboratório de Ensaio de Materiais, o qual dá suporte às atividades docentes dos cursos de arquitetura e engenharia civil, e atua nas pesquisas de pós-graduação, além de desenvolver projetos demandados pelo setor produtivo. Nessa ênfase, as áreas de maior atuação são: durabilidade e patologia das construções, controle de qualidade de materiais e componentes da edificação e novos materiais e processos.

Mauricio Mancio

servletrecuperafotoPossui graduação e mestrado em Engenharia Civil pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul, doutorado em Engenharia Civil e Ambiental pela Universidade da California, Berkeley, no grupo SEMM (Structural Engineering, Mechanics and Materials), com sub-áreas em Ciência dos Materiais e Geofísica Aplicada, e pós-doutorado também pela Universidade da California,   Berkeley, tendo sido pequisador visitante no LBNL (Lawrence Berkeley National Laboratory). Atualmente é professor do Programa de Pós-Graduação em Engenharia Civil (PPGEC) da Universidade do Vale do Rio dos Sinos (UNISINOS). Tem experiência nas áreas de Engenharia Civil, com ênfase no desenvolvimento de novos materiais estruturais mais duráveis e ambientalmente corretos, e Engenharia de Materiais e Metalúrgica, com ênfase em mecanismos de corrosão e filmes de passivação. Foi ainda pesquisador associado na UC Berkeley, nos grupos de pesquisa em Materiais Estruturais (SEMM) e Corrosão (Depto. de Engenharia e Ciência dos Materiais), pesquisador visitante e professor colaborador no Núcleo Orientado para a Inovação da Edificação – PPGEC/UFRGS.

Edna Possan

PossanGraduada em Engenharia Civil (2003) pela Universidade Estadual do Oeste do Paraná (UNIOESTE), Mestre e Doutora em Engenharia Civil (2010) pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). Professora adjunta nível 4 na Universidade Federal da Integração Latino Americana (UNILA). Desde 2010 é pesquisadora do Centro de Estudos Avançados em Segurança de Barragens/Parque Tecnológico de Itaipu (CEASB/PTI), desenvolvendo em paralelo diversos trabalhos em parceria com o Laboratório de Tecnologia do Concreto de Itaipu (LTCI). É membro fundador da Associação Latino Americana de Patologia da Construção (ALCONPAT Brasil). Sócia do Instituto Brasileiro do Concreto (IBRACON), da Asociación Latinoamericana de Control de Calidad, Patología y Recuperación de la Construcción (ALCONPAT Internacional) e do Comitê Brasileiro de Barragens (CBDB). É membro do comitê técnico da ABNT – CE 18:300.06 – Comissão de Estudo de Durabilidade do Concreto. Atua na área de patologia das construções, materiais de construção e meio ambiente, com ênfase em durabilidade, previsão de vida útil probabilística e determinística, captura de CO2, aproveitamento de resíduos sólidos e análise do ciclo de vida de edificações.

Carlos Amado Britez

BritezDoutor em Ciências pela Escola Politécnica da Universidade de São Paulo (EPUSP). Professor assistente do PECE-USP (Programa de Educação Continuada da Escola Politécnica da Universidade de São Paulo) na disciplina: Patologia, recuperação e reparo de estruturas de concreto. Atualmente é diretor da PhD Engenharia Ltda., em sociedade com o Prof. Dr. Paulo Helene. Tem experiência na área de Engenharia Civil com ênfase Materiais e Componentes de Construção, atuando principalmente nas áreas de tecnologia dos materiais e sistemas e de inspeções e diagnósticos de manifestações patológicas em estruturas de concreto de armado, atuando em várias obras de destaque no panorama nacional. Recebeu os prêmios: Melhor Tese de Doutorado do ano de 2012 e “Epaminondas Melo do Amaral Filho” (Destaque em Engenharia no Campo do Projeto e Construção de Concreto de Alto Desempenho) no ano de 2015, ambos pelo Instituto Brasileiro do Concreto (IBRACON).

Thomas Garcia Carmona

CarmonaEngenheiro Civil pela Faculdade de Engenharia da Fundação Armando Álvares Penteado, Mestre em Engenharia pela Escola Politécnica da Universidade de São Paulo na linha de pesquisa de Corrosão de Armaduras e Master pelo Instituto Eduardo Torroja (Madrid, Espanha), onde também realizou especialização em química do cimento. Realizou trabalhos de pesquisa sobre materiais de construção destinados a obras marítimas para a ROM – Recomendação de Obras Marítimas de “Puertos del Estado de España”. Diretor da Carmona Soluções de Engenharia, onde trabalha desde 1995, tendo atuado em muitos trabalhos por todo o Brasil nas áreas de Patologia das Construções e Projeto Estrutural. Diretor da Associação Brasileira de Engenharia e Consultoria Estrutural (ABECE) durante os anos de 2006 até 2008. Sócio do IBRACON – Instituto Brasileiro do Concreto. Atua na área de Vida Útil, Patologia, Reparo, Reforço e Proteção de Estruturas de Concreto.

Paulo Márcio da Silva Aranha

Graduação em Arquitetura e Urbanismo pelo Centro de Estudos Superiores do Estado do Pará (1985) e mestrado em Engenharia pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (1994). Professor adjunto III da Universidade da Amazônia e professor assistente nível IV da Universidade Federal do Pará. Gestor da Paulo Barroso Engenharia, atuando junto a empresa Vale e ao Governo do Estado do Pará. Atuou como gerente de contrato de diversas obras de grande porte, incluindo rodovias, pontes e estádios olímpicos. Tem experiência nos seguintes temas: gestão de contratos, projeto, coordenação projetos, patologia e processos construtivos.