Palestrantes Convidados 2020-03-13T23:34:51-03:00

É com pesar que comunicamos o adiamento do nosso congresso. Além das recomendações da OMS e do Ministério da Saúde em relação à aglomeração de pessoas, muitas universidades já estão se pronunciando frente a medidas para combater o alastramento do COVID-19 (corona vírus) e dentre estas medidas estão as suspensões de aulas e atividades em seus campus, recomendação aos seus docentes que não viajem e não participem de eventos. Entre estas Universidades está a Universidade Federal do CEARÁ, local programado para receber o nosso evento.

Além disso, recebemos comunicados de algumas empresas que possuem sua matriz fora do País, terem solicitado aos seus colaboradores que não participem de eventos e não se desloquem nem mesmo ao ambiente de trabalho. Aliado ainda ao fato que dois dos palestrantes internacionais são italianos e nos comunicaram que provavelmente não conseguirão viajar ao Brasil no próximo mês.

Temos recebido e-mails de professores e autores de trabalhos que iriam apresentá-los em nosso congresso, avisando que não mais poderão participar devido a conjuntura desta pandemia. Com base em todo o contexto exposto e principalmente visando preservar a saúde de nossos congressistas e de seus familiares, a comissão diretiva da ALCONPAT Brasil tomou a difícil decisão de adiar o evento. Desde já agradecemos pela atenção e compreensão de todos.

Atenciosamente,

COMISSÃO DIRETIVA ALCONPAT BRASIL 2018/2020

PALESTRANTES INTERNACIONAIS

Anna Laura Pisello – Universidade de Perugia (Itália)

Microclimate change mitigation for cultural heritage resilience: wearable sensing environmental techniques for investigating outdoor comfort, heritage conservation and energy saving in the built environment – Prof. Anna Pisello (Universiade de Perugia – Itália)

(Mitigação de mudanças no microclima para resiliência do patrimônio cultural: técnicas ambientais de detecção vestível para investigar o conforto ao ar livre, conservação do patrimônio e economia de energia no ambiente construído)

Anna Laura Pisello é Professora Assistente e Física Aplicada na Universidade de Perugia, Itália e pesquisadora visitante na Universidade de Princeton (NJ, EUA). Engenheira Civil Universidade Politécnica de Milão, Ph.D. em Engenharia de Energia pela Universidade de Perugia. Foi professora visitante na Columbia University, Virginia Tech e City University of New York. em 2010-12. Pós-doutora em Física Aplicada.  Autora de mais de 150 artigos, entre os quais mais de 90 em periódicos internacionais. Ganhadora de sete prêmios acadêmicos internacionais de 2013-2018 e vários projetos europeus no âmbito do Programa Horizon 2020. Atua como membro do conselho de ensino da escola de doutorado em energia e desenvolvimento sustentável, onde está orientando diversos doutorados. É professora de Física Aplicada Ambiental e foi co-orientadora de mais de 30 teses de mestrado em Engenharia Civil / Mecânica e de Construção. Em 2017, obteve a qualificação nacional como professora associada de física aplicada. Professora convidada em mais de dez instituições acadêmicas em todo o mundo (e.g.  Princeton University, at Lawrence Berkeley National Lab, at Virginia Tech, etc.). Membro do conselho editorial de várias revistas internacionais (Energy and Buildings, Energy research and social science, entre outras). Suas linhas de pesquisa abrangem duas direções principais: materiais inteligentes inovadores para otimização multifuncional de envelopes de construção e caracterização termofísica e microclima de interior e exterior para conforto ambiental e economia de energia, com atenção dedicada a áreas urbanas densas e resiliência da cidade às mudanças climáticas. Sob a estrutura desses dois temas principais, ela investiga a eficiência energética e a otimização do desempenho de energia térmica em edifícios, novos métodos de análise para estimar o efeito de estratégias inovadoras; técnicas de monitoramento contínuo para detectar o desempenho de energia térmica do edifício; soluções de alto albedo para refrigeração passiva e como estratégia de mitigação contra o fenômeno das ilhas de calor urbanas; condições de contorno climático local que afetam o comportamento da energia térmica da construção; análise de microclima indoor-outdoor para preservar o patrimônio cultural.

Humberto Varum – Universidade do Porto (Portugal)

“Comportamento Sísmico de Edifícios”
Humberto Varum é Professor Catedrático no Departamento de Engenharia Civil da Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto, Portugal. É Membro Integrado da Unidade de Investigação “CONSTRUCT, Instituto de I&D de Estruturas e Construção”. Foi Perito Nacional Destacado no laboratório ELSA (European Laboratory for Structural Assessment), do JRC (Joint Research Centre), da Comissão Europeia, em Itália JRC, no período de Julho de 2009 a Agosto de 2010. Desde maio de 2015, é membro da Direção do Instituto da Construção, da Universidade do Porto. É membro do Comité Nacional do ICOMOS (Council on Monuments and Sites), desde 2009, e Expert Member do ISCEAH (International Scientific Committee of Earthen Architectural Heritage), desde 2011. Participou em várias missões de reconhecimento pós-sismo, nomeadamente em L’Aquila (Itália, 2009), Lorca (Espanha, 2011), Emília-Romanha (Itália, 2012), Gorkha (Nepal, 2015) e Puebla (México, 2017). Os seus principais interesses de investigação incluem: avaliação, reabilitação e reforço sísmico de estruturas, e reabilitação e reforço sísmico de construções históricas.

Filippo Ubertini – Universidade de Perugia (Itália)

“Advanced structural health monitoring solutions for civil engineering: vibration-based methods and smart nanocomposite materials
(Soluções Avançadas de Monitoramento da Saúde Estrutural para Engenharia Civi: Métodos Baseados em Vibrações e Materiais Nanocompósitos Inteligentes)”

Filippo Ubertini é Full Professor no Departmento de Engenharia Civil e Ambiental da Universidade de Perugia, Itália, onde ministra disciplinas na área de Projetos de Estruturas. Graduado em Engenharia Civil, com distinção acadêmica pela Universidade de Perugia in 2005, tendo obtido o grau de PhD em Engenharia Civil pela Universidade de Pavia(Itália) em 2009. Foi estudante visitante na Columbia University (EUA) em 2008.

Suas linhas de pesquisa são focadas principalmente em monitoramento da vida útil estrutural, com ênfase em materiais nanocompósitos inteligentes e métodos baseados em vibração aplicados à engenharia de sismos e às estruturas de patrimônio histórico-cultural.

Atualmente, coordena o grupo de pesquisas da Universidade de Perugia(ITA) em dois projetos europeus Horizon 2020 e em dois Projetos de Pesquisa de Relevância Nacional (PRIN – Progetti di Ricerca di Interesse Nazionale). É membro editorial das revistas científicas: Shock and Vibration, Advances in Civil Engineering, Mathematical Problems in Engineering and Sensors. Desde de 2010 tem sido agraciado com premiações por suas publicações e palestras.

PALESTRANTES NACIONAIS

Antônio Eduardo Bezzera Cabral (UFC)

“Proposta de Regionalização das Classes de Agressividade Baseada na Coleta de Dados de Cloretos na Cidade de Fortaleza-CE”

Possui graduação em Engenharia Civil pela Universidade Federal do Ceará (1997), mestrado em Engenharia Civil (Construção Civil) pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (2000), doutorado em Ciências da Engenharia Ambiental pela Universidade de São Paulo (2007), com estágio no exterior (Universiy of Technology, Sydney – Austrália) e estágio de pós-doutorado na Universitat Politècnica de Catalunya (UPC-Barcelona, Espanha, 2012). Atualmente é professor Adjunto do Departamento de Engenharia Estrutural e Construção Civil (DEECC) da Universidade Federal do Ceará (UFC). Atua no ensino de graduação em Engenharia Civil e no Programa de Pós-Graduação em Engenharia Civil: Estruturas e Construção Civil (PEC) da UFC, além de participar e coordenar vários projetos de pesquisa e de extensão. Tem experiência na área de Construção Civil, atuando principalmente nos seguintes temas: diagnóstico de manifestações patológicas em edificações, reparo e reforço do concreto armado, tecnologia do concreto e de argamassas, uso de materiais não convencionais na construção civil e gestão de resíduos sólidos da construção civil.

Daniel Veras Ribeiro (UFBA)

“Evolução da Normatização Associada à Durabilidade do Concreto e Assimilação pela Indústria da Construção”

Possui graduação em Engenharia Civil pela Universidade Federal da Bahia (2004), mestrado em Engenharia dos Materiais pela Universidade Federal de São Carlos (2006) e doutorado (2010) e pós-doutorado (2011) em Ciência e Engenharia de Materiais pela Universidade Federal de São Carlos. Desenvolveu, ainda, estágio de pós-graduação na Universidade de Aveiro, no Instituto Superior Técnico de Viana do Castelo e no Laboratório Nacional de Engenharia Civil (LNEC), ambos em Portugal. Foi vencedor do Prêmio Nacional de Teses Marechal-do-Ar Casimiro Montenegro Filho (2011), promovido pela Secretaria Nacional de Assuntos Estratégicos (SAE). Atualmente é Professor Adjunto IV da Universidade Federal da Bahia, Vice-coordenador do Programa de Pós Graduação em Engenharia Civil (PPEC/UFBA) e Docente Permanente do Centro Interdisciplinar de Energia e Meio Ambiente (CIEnAm/UFBA). É Diretor Regional da ALCONPAT Brasil. O pesquisador coordena o Laboratório de Ensaios em Durabilidade dos Materiais (LEDMa) e o Laboratório de Ensaios Mecânicos (LEM), sendo ainda assessor ad hoc do CNPq, CAPES e da FACEPE para a área de Engenharias I, revisor de diversos periódicos nacionais e internacionais, Editor da Revista Ambiente Construído e coordenador do Comitê Técnico IBRACON/ALCONPAT CT-702 ? Procedimentos para Ensaios de Avaliação da Durabilidade das Estruturas de Concreto. Atua no desenvolvimento de materiais para a Engenharia Civil, com ênfase em concretos e argamassas, com foco no desenvolvimento em novos materiais, reutilização de resíduos industriais, reologia de matrizes cimentíceas e análise da durabilidade de materiais e componentes. Autor dos livros “Resíduos Sólidos: Problema ou Oportunidade?” (Interciência, 2009); “Corrosão em estruturas de concreto armado: Teoria, controle e métodos de análise” (Elsevier, 2013) e “Corrosão e Degradação em Estruturas de Concreto: Teoria, Controle e Técnicas de Análise e Intervenção” (Elsevier, 2018).

Luiz Carlos Pinto da Silva Filho (UFRGS)

“Estratégias para a Geração de Concretos mais Resistentes e Duráveis no Brasil”

Professor Titular da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). Engenheiro Civil (UFRGS, 1989); Mestre em Engenharia Civil/Construção (PPGEC/UFRGS, 1994) e PhD em Civil Engineering/Bridge Maintenance (Leeds University/UK, 1998).  Atualmente é Diretor da Escola de Engenharia (2012-2020), Diretor do CEPED/RS e líder dos Grupos de Pesquisa LEME (Laboratório de Ensaios e Modelos Estruturais) e GRID (Gestão de Riscos em Desastres). Foi Coordenador do Comitê de Engenharias da FAPERGS, Coordenador do Programa de Pós-Graduação em Engenharia Civil (PPGEC)(2009-2013), Secretário da Associação Sul Americana de Engenharia Estrutural (ASAEE), Presidente e Presidente de Honra da Associación Latinoamericana de Control de Calidad, Patología y Recuperación (ALCONPAT Internacional). Presidente e Secretário da Associação Brasileira de Patologia das Construções (ALCONPAT Brasil) e Diretor e Membro do Conselho do Instituto Brasileiro do Concreto (IBRACON). É membro honorário do IBAPE-RS e membro do IABMAS Brasil, do CBDB, da ABECE e do American Concrete Institute (ACI), além de representante da ABNT no Comitê ISO TC71 e consultor ad-hoc de diversas entidades de fomento. Tem experiência nas áreas de materiais e estruturas de engenharia civil, com ênfase nos temas: durabilidade e vida útil de estruturas, patologia das construções, concretos especiais, materiais compósitos avançados de engenharia, reforço e reparo estrutural, análise, teste e modelagem de sistemas estruturais, ensaios não destrutivos, efeitos de altas temperaturas em estruturas, segurança contra incêndio e pânico, perícias e desempenho e avaliação de sistemas construtivos. Além disso, atua na área de Prevenção de Desastres e Mapeamento de Riscos e Vulnerabilidades.

Rachel Jardim Martini (CEFET-MG)

“Aplicação de Redes Neurais Combinadas com Técnicas Geofísicas para Caracterização de Estruturas”


Possui graduação em Engenharia Civil pela Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais (2011), mestrado em Engenharia Civil pelo Centro Federal de Educação Tecnológica de Minas Gerais (2014) e doutorado em Programa Doutoral em Engenharia Civil pela Universidade do Porto (2019). Atualmente é professora efetiva do Centro Federal de Educação Tecnológica de Minas Gerais – Unidade Curvelo, integrante do Departamento de Engenharia Civil e Meio Ambiente (DECMA/CEFET-MG). Tem experiência na área de Engenharia Civil, com ênfase em reabilitação de patrimônio, atuando principalmente com métodos de ensaio não-destrutivos (NDT).


Tuane de Souza Schuenke (Sika Brasil)

“Sistema de Proteção Anticorrosivo em Ambientes Agressivos com Utilização de Anodos de Sacrifício”

Formada em Engenharia Civil pela Universidade Federal de Santa Catarina, é atualmente Coordenadora de Especificações Técnicas para os segmentos de infraestrutura e recuperação estrutural na Sika Brasil. Atuou também como Consultora Técnica da Sika Brasil nas linhas de reparo, reforço e proteção de estruturas e como engenheira de especificações na Sika Colômbia.